Facebooktwittermail

Sem câmara reserva, os integrantes da equipe Paranaventura não tiveram outra opção a não ser usar uma nota (não lembro o valor, mas talvez seja R$ 50,00) para tentar tampar um rasgo no pneu. Não foi 100%, mas conseguiram chegar ao final da corrida.  Em outra corrida eles já tinham usado um Torrone (sim, aquele de comer) para tampar um buraco num caiaque. @ Expedição Chauás Juréia (2004)

Facebooktwittermail
Categorias: Funpix